terça-feira, 15 de setembro de 2015

Casa Pátio no Bosque da Saúde - São Paulo/SP - 2015


Recebemos essa solicitação de um casal que tinha a intenção de reformar sua casa que sofria problemas de infiltração e percolação decorrentes das fortes chuvas durante o verão. A precariedade da autoconstrução e ausência de manutenção já interferiam na salubridade da habitação. 

Porém a maior condicionante era a restrição orçamentária, a qual exigia soluções  de  baixo  custo  e  além  do  fator  da  diferença  de  nível  para  os  lotes  lindeiros,  o  qual estabeleceu muros de arrimo em todo perímetro confrontante aos vizinhos.





Sendo  assim  qualquer  demolição  deveria  ser  pensada de  forma  cuidadosa  no  intuito  de  evitar problemas  estruturais  no  entorno.  Como  a  casa  estava  comprometida  em  quase  sua  totalidade, partimos do pressuposto de sua demolição e execução de uma nova edificação. Para isso optamos pela estrutura metálica com lajes pré-moldadas, solução de rápida execução e o núcleo hidráulico em alvenaria estrutural, dispensando o uso de formas e escoramentos, ao mesmo tempo em que garante o contraventamento dos perfis metálicos.




A casa está implantada no fundo de um lote de 5m de largura por 30m de profundidade, o qual já possui outra residência utilizada pela família do casal. A área de intervenção é pequena, 5m por 11m, e caracterizada por possuir pequenos platôs que, após a análise, decidimos manter intactos, pois qualquer movimento de terras poderia interferir nos vizinhos.

O programa dispões de uma casa em 3 níveis com cozinha, jantar, estar, home office e lavabo integrados no nível térreo. Um pátio interno ao fundo da edificação garante a função essencial de ventilar e iluminar todos os ambientes. Pelo extenso programa social em uma área tão pequena, preferimos integrar as diferentes atividades em um único ambiente, proporcionando uma melhor sensação de amplitude do espaço.

No pavimento superior está disposta a área íntima da residência, com a suíte do casal e dormitórios das crianças e no nível acima encontra-se o terraço com área interna e externa para churrasco além de uma sala de estar que ocasionalmente pode reverter em suíte para hóspedes.

Externamente foi utilizado brises na fachada principal, voltada ao noroeste, controlando o excesso de insolação dessa face. Estes elementos conferem a residência uma unidade plástica e ressalta a diferença entre a construção existente e a nova a ser construída.








Área do lote: 150m²
Área de demolição: 48.6m²
Área construída: 113m²

Nenhum comentário:

Postar um comentário